É bem aceito o 1º Pomar Urbano de Guaíra

É bem aceito o 1º Pomar Urbano de Guaíra

Publicado segunda-feira, 10 de junho de 2019

A população aprovou a iniciativa da Prefeitura em implantar o projeto piloto do 1º Pomar Urbano da cidade. Uma área no bairro Campos Elíseos onde os munícipes podem plantar suas mudas árvores frutíferas. A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente deu o start, plantou cerca de 70 mudas de árvores de frutas na manhã de sábado dia 8 de junho. Participaram do evento membros do grupo de preservação ecológica Verdejando e do Comdema – Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente.

Foram escavadas 100 covas, já na medida correta para o plantio de frutas, com vistas ao crescimento vegetativo das espécies e distância para facilitar o manejo. Membros da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente orientaram os participantes que as árvores frutíferas não devem ser plantadas em canteiros de avenidas e nem praças, porque representam riscos às pessoas que eventualmente forem utilizar o pomar, pela dificuldade de manejo e prejuízo à iluminação pública, que redunda na maior incidência de violência.

Várias pessoas, moradoras do bairro Campos Elíseos e outras que passavam pela Avenida Padre Agostinho Ferrero (Rua 38) pararam e fizeram questão de ajudar no plantio das primeiras mudas. Duas munícipes levaram mudas próprias (uma de cajamanga de jardim e outra pitanga) que foram introduzidas ao pomar.

O pessoal da Prefeitura deixou prontas 100 covas, já no espaçamento de 4 por 4 metros, e solicita aos munícipes que tiverem o interesse de colabora com o pomar, que respeitem o espaçamento e usem as covas prontas.

Moradores das imediações assistiram a inauguração e alguns se comprometeram em fazer a manutenção do pomar irrigando as mudas. A Prefeitura orientou, também, que os moradores devem zelar, evitar jogar lixo e entulho no local e, ainda, denunciar caso veja alguém sujando o espaço de convívio comum.

Qualquer munícipe de qualquer bairro pode fazer o plantio de mudas no local, no entanto com a aceitação do projeto a Prefeitura deve implantar outros pomares urbanos e suas diversas áreas institucionais, atualmente sem uso. Na primeira leva foram plantadas: Ameixa, Amora, Pitanga, Açaí, Calabra, Manga, Acerola, Goiaba Vermelha, Guariroba, Jambo Amarelo, Cajamaga, Romã e Jabuticaba.