No Dia de Finados prefeitura realizou ações de prevenção no combate à dengue

No Dia de Finados prefeitura realizou ações de prevenção no combate à dengue

Publicado terça-feira, 6 de novembro de 2018

No dia 2 de novembro, Dia de Finados, a Prefeitura de Guaíra realizou importantes ações de prevenção, conscientização e orientação da população para o combate à dengue. O trabalho foi feito no Cemitério Municipal “Otávio Reis da Costa”. A equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica entregou folhetos informativos e orientou sobre os riscos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

A Administração Municipal estará realizando no final do mês de novembro, com data ainda a ser definida, um grande mutirão de limpeza em todos os bairros da cidade, com vistas a eliminação dos criadouros do mosquito.

A importância de combate ao mosquito Aedes Aegypti é devido às doenças que esse inseto transmite como a dengue, o Zikavírus, a febre chikungunya  e a febre amarela. A conscientização da população é a principal forma de se evitar a propagação dessas doenças.

As providências que devem ser tomadas para evitar a proliferação do transmissor são simples, como, por exemplo, fazer o descarte correto do lixo, tampar depósitos de água, limpar com buchas as laterais e as bordas de vasos de plantas e virar todas as garrafas com a boca para baixo, evitando que acumule água dentro dos recipientes.

Alguns sintomas da Dengue são: febre alta, mal-estar, perda de apetite, náuseas, dores de cabeça e atrás dos olhos, manchas avermelhadas pelo corpo e dor nos ossos e articulações. Caso alguém apresente esses sintomas, deve procurar à Unidade de Saúde mais próxima.

O prefeito José Eduardo Coscrato Lelis falou da importância da população participar do combate ao mosquito Aedes Aegypti. “ Em 2016 Guaíra viveu a maior epidemia de dengue com 2466 casos registrados. Em 2017, quando assumimos a administração, com o empenho de todos, conseguimos reduzir este número para 45 casos e em 2018, até o mês de outubro registramos 24 casos da doença. O número é bastante positivo mas não podemos “baixar a guarda”, temos que estar alertas e nos empenhar no combate e eliminação dos criadouros do mosquito. Cada um tem que cuidar do seu quintal, de sua casa, pois somente o trabalho conjunto entre o poder público e a população é que vai fazer com que os números de casos de dengue sejam ainda mais reduzidos”, disse o Chefe do Executivo.