Falta consciência de pequena parte da população gera sujeira

Falta consciência de pequena parte da população gera sujeira

Publicado sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Mal foram reformulados, os canteiros e rotatórias da cidade já são estão sofrendo com a falta de consciência de algumas pessoas. Nessa semana foi possível registrar imagens de embalagens como saquindos de pipoca, garrafas pet, sacolinhas e outros detritos foram dispensados sobre as plantas da rotatória da avenida 23 com a avenida Acácia Guairense (rua 8).

A sujeira além de prejudicar o aspecto visual do canteiro causa muito mais problemas. Detritos nas ruas e praças são carregados pelas enxurradas, entupindo galerias pluviais que causam alagamentos e ambiente propício para a proliferação de vetores e toda gama de patologias de proliferação hídrica.

Enquanto mínima parcela da população age com falta de consciência, a maior parte fica indignada registrando na web os flagrantes da sujeira acarretada pelas ações desprovidas de cidadania. Caso de fotos registradas na rua de trás da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida (rua 34) e também no quarteirão da Escola Estadual Dalva Lelis. Ressaltando que estes despojos não depositados pelas instituições em citadas e sim por cidadãos, que muitas vezes nem moram nas imediações.

Em ambos os locais as equipes do setor de Serviços Urbanos fazem limpezas periódicas, no entanto não os servidores públicos são suplantados pela agilidade vândala em sujar de uns ‘gatos pingados’.