Fundo Social de Solidariedade inaugura Centro de Qualificação Municipal nesta sexta-feira

Fundo Social de Solidariedade inaugura Centro de Qualificação Municipal nesta sexta-feira

Publicado quarta-feira, 6 de junho de 2018

 

A Prefeitura,  com projeto e execução do Fundo Social de Solidariedade inaugura, na próxima sexta-feira (8) o Centro de Qualificação do Município de Guaíra “Neuza Correa Longo”.  A Inauguração acontecerá ás 18h.

De acordo com a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Guaíra, a primeira dama do município, Elaine Olivério Lelis, em funcionamento, o centro disponibilizará cursos de qualificação nas áreas de beleza, panificação, corte e costura, modelagem, bordado em pedraria e também da construção civil.

O prédio também abrigará o Fundo Social de Solidariedade, o brechó social e também a “Lojinha do Bebê” do programa “Amor de Mãe/Amor de Pai”, projeto perene desenvolvido pelo setor.

Elaine classifica a implantação do centro como,  “ uma grande conquista para o nosso município. Tanto para aqueles que precisam se qualificar para adentrar o mercado de trabalho, quanto para aqueles que queiram abrir o seu próprio negócio. Essa é uma oportunidade que temos de fazer a diferença na vida das pessoas. As pessoas precisam de oportunidades”, salientou Elaine Olivério Lélis

“Em um mundo competitivo, a função da administração pública é criar condições para que o trabalhador esteja preparado para o mercado”, pondera o prefeito, José Eduardo Coscrato Lelis.

NEUZA CORREA LONGO

Espírito acolhedor foi sua marca. Seu jeito todo particular de conduzir seu salão, seu dia-a-dia foi costurado com carinho, amizade e simpatia entre suas funcionárias e clientela. Esta era Neuza Correa Longo, que por mais de 50 anos exerceu a profissão de cabeleireira em Guaíra.

A energia positiva e empreendedora que fluía de Neuza vinha do seu jeito batalhador. Desde menina trabalhava em salão de beleza, após o casamento resolveu parar de trabalhar, mas após três anos iniciou as atividades novamente.

Começou em casa, com a área de trabalho no canto da sala. Os filhos ficavam em volta da barra da saia. Apesar de tempos difíceis, Neuza dizia que foi muito bom.

No início a maioria das clientes era evangélica que faziam penteados em longos cabelos. Depois  Neuza foi  me aprimorando com cursos de cabeleireiro, estética facial e Mega hairy, e assim se tornou uma das cabeleireiras mais procuradas de Guaíra e região quanto ao quesito enxertia de madeixas.

Mãe de cinco filhos e 12 netos, Neuza chegava a trabalhar de 10 a 12 horas por dia. As dificuldades foram superadas com sua religiosidade e força da fé.

Sempre sorridente Neuza contava fatos inusitados aconteceram nos longos anos de profissão.

Como uma certa vez que  estava preparando duas noivas , irmãs e  que iriam se casar no mesmo dia. Quando, de repente, uma delas perdeu a aliança. Foi um sufoco. Todos procurando e nada.  Solução: a cabeleireira emprestou a minha aliança para que ela se casasse, no entanto a aliança foi encontra na última hora, no jardim.

Apesar da correria Neuza ainda dedicava tempo para boas ações. Em atos solidários, ela fabricava perucas para o Hospital do câncer em Barretos. Considerava um  gesto pequeno, mas, satisfazia-se em ver a felicidade dos pacientes mais carentes ao receber a peruca.