Guaíra é pré-certificada no Programa Município Verde Azul

Guaíra é pré-certificada no Programa Município Verde Azul

Publicado quarta-feira, 27 de setembro de 2017

 

Guaíra conseguiu se classificar na segunda pré-certificação do Programa Município Verde Azul (PMVA). Nesta etapa apenas 106 dos 571 municípios inscritos conseguiram atingir a pontuação mínima, sendo que a nossa cidade ficou em 83ª, muito a frente de outras cidades da região da Mogiana, como por exemplo, Franca.

Ainda falta uma etapa e se Guaíra se mantiver no ranking, receberá os selo de Município Verde Azul – PMVA – , o que além de refletir numa cidade mais agradável, traz recursos do Estado, na forma de equipamentos que favorecem a sustentabilidade, como por exemplo caminhões pipa.

O propósito programa é medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios. Que dizer, na esfera estadual, Guaíra é considerada uma cidade possuidora de “eficiência ambiental”.

O cumprimento das metas, praticamente, concerne à Prefeitura, em curto e médio prazo.

A interlocutora do programa é a bióloga e chefe do Zoológico, Ana Paula Chaves Campos e tem como suplente o agrônomo e Chefe do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, Rafael Graner Lélis que mobilizam esforços para cumprir a diretivas: arborização urbana, educação ambiental, biodiversidade, qualidade do ar, gestão das águas, esgoto tratado, resíduo sólido, conselho ambiental, uso de solo e município sustentável.

Guaíra se destaca na biodiversidade, especialmente por ter um zoológico que serve de dispositivo de reinserção de animais na natureza. Único na região, serve inclusive de referência para a cidade de Franca, que pretende instalar um zoo semelhante, uma instituição para onde são encaminhados animais silvestres resgatados, apreendidos pela Policia Ambiental ou capturados em áreas urbanas. Pouca gente sabe, mas o Zoológico Joaquim Garcia Franco presta este relevante serviço à toda região.

“A população pode ajudar Guaíra conquistar o selo. Ações cotidianas, como não jogar detrito nas ruas, colocar o lixo no dia e de forma adequada, não fazer queimadas, plantar árvores em suas calçadas, são atitudes que ajudam nossa cidade a melhorar a sua nota”, ressalva o diretor de Agricultura, na qual está inserida a pasta do Meio Ambiente, Rafael Graner Lélis.