Prefeitura alerta para surgimento de casos de dengue em Guaíra

Prefeitura alerta para surgimento de casos de dengue em Guaíra

Publicado quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

A situação é de alerta. A Prefeitura de Guaíra, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde e Controle de Vetores da Secretaria Municipal da Saúde, confirma que na virada do ano, entre os meses de dezembro de 2018 e os primeiros dias de janeiro de 2019, foram confirmados 5 novos casos de dengue na cidade com outros 6 casos suspeitos da doença.

Os casos  confirmados foram nos seguintes bairros: Nova Guaíra (2), Campos Elíseos (2) e Portal do Lago (1). Os casos suspeitos são nos bairros: Jardim Eliza (1), Padre Mário Lano (1), Nova Guaíra (2) e Jardim Lígia (2). A Prefeitura determinou a limpeza de terrenos com mato alto e a retirada de lixo e entulho, principalmente na região no Bairro Nova Guaíra onde está acontecendo uma maior infestação.

Durante todo o ano de 2018, Guaíra teve apenas 15 casos de dengue e com esse aumento do número de casos na virada do ano, a cidade está em situação de alerta. Cidades da região como Barretos, Ipuã e São Joaquim da Barra estão com números de casos da doença  acima do  normal, o que deixa Guaíra em situação ainda mais vulnerável.

A recomendação é para que toda a população cuide de seus quintais não deixando vasilhas que acumulem água e se tornem possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti, que é o transmissor não só do vírus do dengue, mas  também do zika vírus, chikungunya e febre amarela.

Caso o munícipe apresente sintomas como febre, dor de cabeça, cansaço, dores musculares e nas articulações, indisposição, enjôos, vômitos, entre outros, deve procurar imediatamente o Posto de Saúde do seu bairro ou diretamente o Pronto Atendimento Municipal, para tratamento e confirmação do caso. Através destas confirmações é que são traçadas as estratégias de bloqueio e combate à doença.

Em caso de infestação de pernilongos picando durante o dia, o munícipe deve comunicar a Prefeitura Municipal, através da Ouvidoria Cidadã no 0800-941-1000 ou ainda na Ouvidoria da Secretaria Municipal da Saúde, pelo telefone 3330-2800.