Prefeitura investe mais de R$ 1,6 milhão na renovação da frota

Prefeitura investe mais de R$ 1,6 milhão na renovação da frota

Publicado terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Uma frota sucateada, com veículos e equipamentos parados ou funcionando de forma precária foi o que a administração de José Eduardo Coscrato Lelis pegou no início de 2017. Com austeridade, criatividade e zelo, muitos equipamentos foram recuperados, no entanto alguns caminhões, tratores e outros equipamentos estavam irrecuperáveis.

A solução era adquirir novos veículos e equipamentos. Com projetos adequados a Prefeitura foi contemplada com um financiamento de R$ 3.940.778,00 junto ao Banco do Brasil. O intento de renovar a frota e trocar boa  parte da lâmpadas convencionais por led na iluminação pública.

A licitação para caminhões e equipamentos já ocorreu e foram investidos R$ 1.669.191,00 e com a compra 3 caminhões toco, um pipa e 2 basculantes; 1 caminhão pequeno, do tipo 3/4, devidamente paramentado com plataforma elevatória articulada para os reparos na iluminação pública; 2 caminhões turck, 1 com compactador de lixo e outro basculante; 2tratores giro zero (tratorzinho de grama) e um roçaderia (tipo agrícola).

E o certame para instalação das luminárias de led está marcado para às 9h do dia 13 de dezembro (conforme já publicado no Diário Oficial Eletrônico, do dia 29 de novembro)

ECONOMIA

A renovação da frota deve agilizar e melhorar a qualidade dos serviços prestados ao público, uma vez que os veículos e equipamentos novos demandam muito menos manutenção. O mesmo se aplica às luminárias de led, que tem maior durabilidade e menor consumo, quando comparadas as lâmpadas de vapor de sódio ou mercúrio (em uso atualmente). Nesse caso há que se ressaltar o benefício ambiental, porque além de ser mais econômica a tecnologia led, no descarte, tem impacto ambiental exponencialmente menor.

Atualmente a administração tem que desdobrar para manter os parques e jardins livres de mato e com grama aparada. Os novos equipamentos serão muito úteis no setor de serviços urbanos, seja para reparos de ruas e avenidas, jardinagem e deverão propiciar economia na manutenção da iluminação pública, atualmente feita por empresa terceirizada.

Os veículos sem condições de recuperação devem ser leiloados, juntamente com outros equipamentos inservíveis. Pregão que já tem três leiloeiros oficiais credenciados, conforme homologação do Chamamento Público nº 22/2018 (também publicado Diário Oficial Eletrônico, do dia 29 de novembro).

“Estamos colocando, paulatinamente, mas de forma constante, a casa em dia, recuperando prédios públicos, praças, veículos e equipamentos. Tudo isso vem no sentido de oferecer melhor qualidade de serviço à população.  Fazer de Guaíra uma cidade que seus moradores possam se orgulhar” , considerou o prefeito, José Eduardo Coscrato Lelis.