Prefeitura orienta veículos a não transitarem no interior do Parque Maracá

Prefeitura orienta veículos a não transitarem no interior do Parque Maracá

Publicado terça-feira, 6 de novembro de 2018

Por determinação do prefeito José Eduardo Coscrato Lelis os departamentos de Meio Ambiente, Parque Maracá, Turismo, Demutran, Posturas e Polícia Militar estiveram reunidos na última quinta-feira, dia 1º de novembro, para debater a respeito de soluções para impedir o trânsito de veículos, inclusive motocicletas, no interior do Parque Ecológico Maracá e assim disciplinar o uso do espaço público.

O assunto veio à tona antes que algum acidente aconteça no interior do parque, que também é frequentado por crianças, adolescentes, idosos, ciclistas, patinadores e pedestres em geral, e que acabam tendo que suportar a passagem de veículos que buscam acessar as sombras das árvores ou quiosques, especialmente aos finais de semana e feriados.

Além de transgredirem a lei, pois placas de impedimento existem nas entradas do parque ecológico, muitos veículos acabam avariando os equipamentos de uso público, além do fato de que alguns se utilizam de potentes aparelhos sonoros sobre a grama.

O parque oferece oportunidades de lazer familiar, pratica esportiva, promoção da saúde e inteiração social das pessoas com o meio ambiente, e pensando justamente em manter estas características do local, a administração orienta os motoristas e motociclistas a estacionarem seus veículos nos bolsões de estacionamento do Parque Maracá, evitando-se assim qualquer tipo de autuação pelos agentes de trânsito da Polícia Militar.

AVENIDA GABRIEL GARCIA LEAL

Desde junho de 2017, devido ao grande fluxo de veí­culos e movimento de pessoas na Avenida Gabriel Garcia Leal (que circunda o Parque Ecológico Maracá) o Departamento de Trânsito fez a sinalização de solo regulamentando o estacionando em apenas um lado da via. Da EMEF “Vicencina Vaccaro Morsoleto” até o entroncamento com a Rua 26, os veí­culos só podem estacionar no lado contrário ao lago.

A sinalização foi instalada, orientações foram feitas na época, portanto as autuações podem e acontecem desde então, sendo conveniente o uso dos bolsões de estacionamentos ou o estacionamento do lado permitido.

Conforme o responsável pelo trânsito no município, Sebastião Henrique Neto, o pronto crí­tico da avenida é na altura do parque de Exposições “Ademir Jovanini Augusto” que faz frente com o Complexo Esportivo “Ricardo Graner Lelis”. Naquele local muito frequentado pelos praticantes de esportes e por ser um ponto de encontro da juventude, havia ali o registro de diversos acidentes no passado.